Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Missão em Timor

Durante 3 anos estarei a fazer uma missão em Timor, pela Ordem dos frades menores capuchinhos, e neste blog tenciono contar todas as minhas aventuras e a percepção que vou tendo dos acontecimentos, tudo de uma forma peculiar que só eu sei viver :D



Sexta-feira, 05.10.12

Pneus furados, crioulo, mulheres inteligentes... isto tá bonito... :D

No dia 4 de Outubro celebramos a Festa de S. Francisco… e no dia 5 também, mas a isso já lá vamos. Tem sido uma semana de festas, quando não são religiosas são populares. Depois de no dia 3 termos celebrado o trânsito de S. Francisco, no dia 4 celebramos a sua festa juntando toda a família franciscana em Baucau, a nova cidade que fui conhecer. {#emotions_dlg.happy} 

Foi difícil chegar lá, não só pelas estradas que são precárias, mas também por causa de um furo no pneu. 4 homens de volta do carro para tentar descortinar como haveríamos de esticar o macaco para levantar o jipe, visto que era demasiado pequeno (o macaco), e foi a única mulher lá presente que se lembrou de procurar uma pedra lisa para fazer de base, às vezes as mulheres fazem falta… {#emotions_dlg.clown} Solucionado o problema voltamos à estrada para nos encontrarmos com toda a família franciscana presente em Timor-Leste. Aquilo é que foi um encontro multi-cultural, com timorenses, indonésios, portugueses, cabo-verdeanos e acho que havia mais um ou dois países representados. A missa foi em português, à excepção da homilia que foi em Tetum, ou seja, fiquei a olhar pó teto…Mas pelo menos, durante o almoço, deu para falar português e crioulo (como tinha saudades desta língua) {#emotions_dlg.happy}

De tarde regressamos a casa, sem nenhum sobressalto, felizmente, e com uma esperança de chuva. Ainda caíram umas gotinhas, mas nem para molhar a ponta do dedo serviu, esperemos que venha mais… Bem-aventurada a minha madrinha que me ensinou a assar frango no churrasco, foi o que tive a fazer para preparar o jantar de festa com a população de Laleia. À noite houve a tradicional dança nos festejos da Nossa Senhora de Laleia. As músicas são sempre as mesmas, não sei como não se cansam… {#emotions_dlg.happy}

Acabei o dia completamente esgotado, até porque devido ao fuso-horário, acordei às 4h da manha, hora de Timor, sem sono… resultado: 1-0 para o Porto… sim, tive a ver o jogo, grande James… {#emotions_dlg.ok}

No dia 5 fomos festejar a festa de S. Francisco na paróquia de S. Francisco de Assis que fica no meio da montanha onde nenhum carro consegue lá chegar… Isto é que foi andar… entre montes e vales e vales e montes… parecia que estava num paraíso… mas ainda em construção… A igreja é feita de canas de bambu e chapa e só tinha um banco… tinha, já não tem… a homilia foi tão longa que o pessoal que estava sentado nesse banco adormeceu, inclinou-se para trás e o banco não resistiu, quebrou-se todo… e as quedas não se ficaram por aí, eu ia caindo abaixo de um banco de plástico por duas vezes, a minha colher do almoço foi parar ao chão com um salto que parecia que tava a mergulhar numa piscina, uma rapariga tropeçou numa pedra quase que ia de dentes… era a ver quem caía mais… no final, ao descer a montanha o pessoal começou a votar quem era o primeiro a cair… felizmente ninguém acertou, mas ainda houve quem tentasse. {#emotions_dlg.bunny}

Hoje foi dia de falar com a minha família. Sabe bem voltar a ver os seus rostos, os seus sorrisos e ter as conversas da treta, mas indispensáveis num excelente relacionamento familiar. Família adoro-vos, estão presentes no meu coração. {#emotions_dlg.heart}

Paz e bem meus amiguinhos! Estaremos juntos na oração e no coração.{#emotions_dlg.heart}

Autoria e outros dados (tags, etc)

por missao em timor às 14:52


2 comentários

De carla tinoco a 22.10.2012 às 16:53

às vezes??? ó meu caro Senhor com essa idade ainda não aprendeu que sem as mulheres os homens não são nada??.. :D
pões-te a ver o porto ai de madrugada e depois vens falar connosco com um olho aberto outro fechado e o cerebro a processar lentamente.. :P
vês falta aí uma mulher para vos dizer que uma capela feita de canas de bambu e chapa facilmente é reconstruida noutro local mais perto e mais acessível. como é que não hão-de cair, depois desse esgotamento todo para chegar a capela.. não há forças que resistam :P
dia de falar com a familia , gostei muito.. no fim ficamos todos a comentar o que conseguimos apurar da tua estadia aí, ri-mo-nos com as piadas que mandamos ( já me esqueci como se diz aquela frase em tetum que me ensinaste) mas da proxima ensinas outra vês heheheh , onde eu ía , sim ja sei.. no fim fica uma preocupação de será que estás mesmo bem.. e vamos a contar os dias e nem um mês passou quanto mais 36 :( mas vai correr tudo bem, temos a certeza que sim e agarramo-nos a isso :D paz e bem maninho, estamos juntos no coração e na oração :D beijoca grande :D

De missao em timor a 23.10.2012 às 13:48

Carla, as mulheres inteligentes são uma excepção... desenrascadas ainda vai havendo, agora inteligentes... :D
Está descansada, pq está mesmo tudo a correr bem comigo. Os mosquitos é que não me largam, os meus pés parecem o toké, cheios de pintas vermelhas das picadelas... A raquete protege-me quando estou no meu quarto ou na sala a ver as noticias, mas não th hipotese de a levar para a capela, ou bem que rezo ou bem que faço mosquitos no churrasco... :D
Tou ansioso para falarmos outra vez... :D
Beijos!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Outubro 2012

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Contador de visitas






Links

Blogs sobre missões

Frades Menores Capuchinhos


Facebook